esporte volei

Loading...

domingo, 13 de setembro de 2015

Circuito Banco do Brasil Nacional

Da redação, no Rio de Janeiro (RJ) - 13.09.2015
Um bicampeonato e uma vitória inédita na temporada. A etapa de Lauro de Freitas (BA) do Circuito Banco do Brasil Nacional conheceu seus vencedores na manhã deste domingo (13.09), na Praia de Buraquinho. Marcus e Vinícius (RJ/ES) ficaram com o título no masculino, repetindo o que haviam conquistado na parada do Rio de Janeiro. No feminino, ouro para Izabel e Camila (PA/RJ), o primeiro da dupla nesta edição.
O dia começou com as semifinais do torneio feminino, onde Izabel e Camila (PA/RJ) eliminaram Luiza Amélia e Thati (CE/PB) por 2 sets a 0 (21/16, 21/18), em 34 minutos. No outro lado da chave, Érica Freitas e Amanda MG/RJ) superaram Juliana Simões e Mayana (TO/PR) por 2 sets a 0 (21/16, 21/18), em 51 minutos.
Na decisão, Izabel e Camila levaram a melhor e venceram Érica/Amanda por 2 sets a 0 (21/17, 21/13) em 34 minutos de duração. Já na disputa do bronze, melhor para Juliana Simões e Mayana, que venceram por 2 sets a 1 (24/22, 19/21, 15/10), em 55 minutos.
O torneio masculino também começou com as semifinais, onde Ferramenta e Pedro Cunha (RJ) superaram Rodrigo Saunders e Guto (CE/SP) por 2 sets a 1 (16/21, 21/17, 15/10), em 40 minutos. Na outra chave, Marcus e Vinícius (RJ/ES) venceram Vinícius e Maia (RJ) por 2 sets a 0 (21/16, 21/16), em 1h02 minutos.
A final contou com o mesmo resultado da etapa carioca, com vitória de Marcus e Vinícius por 2 sets a 1 (21/15, 22/24, 12/15), em 1h01. A disputa de bronze teve como vencedores Vinícius e Maia, que derrotaram Rodrigo e Guto por 2 sets a 1 (16/21, 22/20, 17/19), em 1h08.
"Essa foi nossa segunda etapa do Circuito Nacional, e ainda bem que foi nossos segundo titulo. O principal objetivo era pontuar. Começamos um trabalho quase do zero, o Vinícius não tinha pontos para o Open. Começamos no qualificatório do Nacional, depois fomos subindo os degraus. A primeira meta foi obtida, que era ficar entre os 16 melhores. Agora a meta é se manter e brigar pelas primeiras posições no Open", disse Marcus após o título.
Os campeões em cada naipe de uma etapa do Nacional recebem R$ 7.250. Todas as equipes que disputam a fase principal do torneio recebem premiação.
Apesar de não garantir classificação direta ao Circuito Brasileiro Open, às duplas campeãs de uma etapa do Nacional fazem mais pontos (260) do que o quinto colocado de uma etapa Open (240). Com isso, a tendência é que ao longo do ano ocorram diversas trocas de posições entre duplas de ambos os circuitos, aumentando a importância das duas competições.
Após a primeira etapa, no Rio de Janeiro, e agora em Salvador (BA), Brasília (DF), o torneio passará novamente pelo Rio de Janeiro (RJ) e seguirá para Maringá (PR). As quatro etapas de 2016 ainda serão anunciadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário